Seguros para automóveis: evitando sustos

O sonho de ter um automóvel está cada vez mais fácil de se realizar devido ao fácil acesso à compra por meio de parcelamentos e financiamentos. Assim como é grande e crescente o número de veículos nas ruas, é também grande e crescente o número de roubos de carros, bem como são altas as taxas de acidentes nas estradas. Além de representar um risco à vida de quem faz uso desse meio de transporte, há também o risco de dano da propriedade, portanto, prejuízo, em caso de acidentes/roubos. Para haver uma maior tranquilidade para os donos dos veículos, diversas empresas oferecem serviço de seguro aos automóveis, garantindo ao menos a reforma ou o recompensa do valor do veículo em casos de perdas.

 

Como funcionam os seguros de automóveis?

Além do seguro obrigatório que todo veículo tem de ter, que é o DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres), que cobre unicamente os danos causados à saúde das pessoas envolvidas, não cobrindo bens, há a possibilidade de se contratar uma seguradora com a finalidade de dar uma proteção voltada para o seu veículo, assegurando o ressarcimento de danos em caso de acidentes. O seguro funciona através de contrato realizado entre cliente e seguradora, no qual fica estabelecida uma franquia, que é o valor que o segurado precisa pagar pra ter direito ao seguro, há as parcelas do seguro, geralmente anuais; e há o prêmio, que é o valor pago ao segurado em caso de dano em seu veículo.

 

Como escolher o seguro do seu carro?

Existem atualmente milhares de seguradoras de veículos espalhadas em todas as regiões. Até mesmo instituições financeiras, como bancos, têm apostado no ramo e oferecido este serviço aos seus clientes. Para escolher o seguro do seu carro, deve-se fazer cotação no maior número possível de seguradoras, pois os valores variam não só por ser de empresas diferentes, mas pelas condições que as mesmas avaliam. Fatores como modelo, ano e cor do veículo, bem como o lugar onde o mesmo se encontra e até mesmo o perfil da pessoa que contrata são fatores determinantes, portanto, basta escolher algum que seja adequado ao bolso e às necessidades de cada um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *