QUEM PRECISA FAZER ECODOPPLERCARDIOGRAMA?

Ao invés de esperar que um sintoma vá embora sozinho, o correto é investigar o que está acontecendo! Mas a grande dificuldade no tratamento de doenças cardíacas está na indisposição das pessoas em procurarem tratamento logo que os primeiros sintomas resolvem aparecer. Somente o médico possui a capacitação necessária para escolher qual o exame mais indicado a se fazer.

É bem mais vantajoso detectar de modo precoce as alterações que ocorrem no organismo. Normalmente, um simples diálogo com o especialista não exclui todas as dúvidas, sendo necessário o médico recorrer a um de seus instrumentos de trabalho que é os exames.

No caso dos problemas cardíacos, é provável que o médico faça a investigação solicitando alguns exames de imagem e uma das opções é o ecodopplercardiograma. Este tipo de intervenção é indicado para aqueles pacientes que estejam apresentando sintomas e sinais como inchaço nas pernas, falta de ar, cansaço, tontura, fraqueza ou desconfortos no peito.

Tais sintomas são indicadores de uma possível fraqueza no coração e o exame garante a segurança necessária na hora de eliminar qualquer dúvida. O procedimento é simples, consiste de um aparelho de ultrassom que é configurado para obter imagens do coração com a finalidade de verificar a sua anatomia. O Doppler é o sinal ultrassônico que possibilita mensurar a velocidade e direção do fluxo sanguíneo.

Para quem costuma cuidar da saúde e está sempre preocupado em fazer um bom check-up todos os anos precisa ficar ciente que atualmente os médicos utilizam os exames de imagens juntamente com os laboratoriais não necessariamente com a finalidade de fechar um diagnóstico, mas sim para evitar possíveis transtornos.

Portanto, não existem motivos para ficar preocupado se o seu médico indicou o ecodopplercardiograma. Tudo é feito visando à prevenção e partindo do princípio de que se uma doença é detectada logo no início as chances de tratamento, recuperação e cura são maiores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *