Omeprazol (Genérico do Beprazol)

Omeprazol é um principio ativo comum em medicamentos que tratam de problemas gastrointestinais. O Beprazol (remédio de marca), que já esta a venda à algum tempo, é muito recomendado pelos médicos e por isso tem uma boa aceitação no mercado transmitindo aos seus consumidores muita confiança.

QUEM PODE USAR

Esse medicamento é de uso adulto.

INDICAÇÕES

O Omeprazol é sempre indicado para pacientes que sofrem de problemas gastrointestinais, tais como: gastrite, ulcera, esofagite de refluxo, acidez estomacal, para lesões gástricas provoca por uso de algum anti-inflamatório, para pacientes que estejam tratando a úlcera duodenal e a úlcera gástrica, ou mesmo para hiperacidez gástrica.

CONTRAINDICAÇÕES

Esse medicamento é contraindicado em caso de reação alérgica a qualquer componente de sua fórmula, prevenção a pacientes com cirrose hepática, mulheres grávidas ou amamentando. Nesses dois últimos casos, salvo sob prescrição médica, onde o benefício para a gestante supere o risco para a criança. Por ser um medicamento que contém açúcar seu uso deve ser administrado com cautela em pacientes com diabetes. Pessoas que sofram de função hepática ou renal alterada deve fazer uso do medicamento sob uma supervisão adequada.

EFEITOS COLATERAIS

O uso do Omeprazol pode seguir de alguns efeitos colaterais, dentre eles: dor de cabeça, cansaço, diarreia, dor muscular ou ainda a possibilidade de tumores gástricos.

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS

É necessária a realização de um exame clinico completo para que se possa diagnosticar a patologia correta, determinar as possíveis causas e receitar o medicamento correto. ATENÇÃO, PARA SUA SEGURANÇA SÓ USE MEDICAMENTOS RECEITADO PELO SEU MEDICO.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

O Omeprazol é um antiulceroso comercializado em comprimidos ou em capsulas gastro resistentes fazendo com que o medicamento seja absorvido o mais rápido apresentando assim ação máxima em apenas alguns dias. Quando o paciente tem doenças gástricas e toma esse medicamento logo se tem melhora pois o mesmo atua nas enzimas das células, são responsável pelo etapa final da produção do ácido gástrico, havendo assim a redução da acidez e a melhora do paciente.