Entenda o que é coparticipação do plano de saúde

A grande maioria dos brasileiros sabe muito bem o que é um plano de saúde, mas não tem noção como que funciona a coparticipação do plano de saúde, que é bem semelhante a um plano de saúde, mas que conta com algumas vantagens que começam justamente no bolso, que é o órgão mais sensível do corpo de muitas pessoas.

No Brasil existem diversas modalidades de serviços de saúde, mas há uma modalidade pouco conhecida pelos brasileiros, que pode ser bem mais benéfica e que custa mais barato do que um plano de saúde convencional, que é a coparticipação do plano de saúde, que consiste no paciente pagar bem menos na mensalidade e que se paga a mais somente quando for precisar de uma consulta ou exame, sendo que no caso de internação, não se deve cobrar pelo mesmo por meio de porcentagem e a principal vantagem deste tipo de plano é que é regulamentado pela ANS.

Quais as vantagens da coparticipação do plano de saúde?

  • Paga-se pelo procedimento depois que o mesmo é realizado.
  • A cobrança do exame ou da consulta é feito mediante a fatura do plano de saúde, ou seja, não se paga no ato do procedimento, o que ajuda e muito no orçamento de muitos pacientes.
  • Há uma transparência em relação aos preços que são cobrados por estes procedimentos, pois tanto as empresas quanto os beneficiários sabem oi valor máximo que deve ser cobrado pelos procedimentos.
  • O valor para exames terá uma percentagem máxima a ser cobrada, enquanto que o valor das consultas será fixo, o que dá mais credibilidade para este tipo de plano.
  • A mensalidade será bem mais barata do que no plano comum, sendo que se deve respeitar o tipo de plano que foi contratado pelo paciente.
  • Não há cobranças extras no caso de internação e em diversos tipos de tratamentos, como fisioterapia, psicologia e quimioterapia.

O grande carro-chefe da coparticipação do plano de saúde é que o preço das consultas deve ser bem acessível, ou seja, jamais o paciente deve pagar o valo integral dos procedimentos e nem deve ser um valor bem alto a ponto de afastar os pacientes e isto está até previsto pela ANS.