Drawback

Como importar produtos no regime drawback

Podemos dizer que o drawback nada mais é do que um tipo de regime aduaneiro especial que consiste principalmente na suspensão, bem como na isenção e ainda em toda a restituição dos vários tributos que são incidentes nos produtos realizados, nos processos de produção  existentes de bens exportados e ainda a exportar ou mesmo a fornecer.

Como funciona o regime de drawback

Este poderá ser concedido as operações que são caracterizadas como por exemplo a transformação, o beneficiamento, a montagem, a renovação ou ainda o recondicionamento, e o acondicionamento de mercadorias por exemplo.

Levando em conta algumas mercadorias utilizadas, os regimes poderão ser totalmente concedidos para aquelas que sofrem uma série de processos mencionados acima, onde podem ser mercadorias existentes para beneficiamento, ou ainda partes e peças que são complementares para os aparelhos, as máquinas, os veículos, entre outros.

Como funciona o processo de importação pelo Drawback

Ao se realizar um tipo de importação de mercadorias para o Brasil, em um primeiro lugar é importante se verificar a classificação fiscal do produto, este tipo de consulta poderá ser realizado através da Tarifa Externa comum onde você poderá encontrar a alíquota de impostos de importação de cada um dos produtos.

Algumas modalidades do Drawback

O Drawback isenção por exemplo é anuído através da Secretaria de Comércio Exterior, a Secex. Com este modalidade com isto as empresas podem importar diversos tipos de insumos com uma isenção de tributos em várias quantidades e qualidades equivalentes, tudo isto o que é destinado a uma reposição dos insumos que são outrora importados, e já são utilizados em toda a industrialização dos produtos que são sempre importados.

O Drawback de restituição

O Drawback de restituição permite uma devolução existente total ou ainda parcial de uma série de tributos que foram pagos na importação de toda a mercadoria que é exportada depois dos seus beneficiamentos, ou ainda que são utilizadas em toda a fabricação, bem como uma complementação, ou ainda um acondicionamento de outras mercadorias que foram exportadas.

Com isto temos um pouco sobre o drawback e como acontece todo o seu regime de importação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *