Anvisa propõe rastreabilidade de medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é a instituição responsável pela vigilância sanitária, e como não poderia ser diferente, a Anvisa está sempre procurando oferecer novos sistemas que tem por finalidade oferecer maior qualidade para os consumidores, garantindo maiores benefícios, não só para os consumidores, mas também um maior controle na distribuição de medicamentos. Trata-se de um novo sistema que tem por finalidade manter o controle na distribuição e também na integra dos medicamentos, sendo que esse novo sistema será denominado de Sistema Nacional de Controle de Medicamentos, que terá por finalidade rastrear os medicamentos que chegam até a mão do consumidor, podendo abranger até mesmo o consumidor final, principalmente no caso de remédios controlados que na maioria das vezes são repassados pela farmácia popular.

Esse novo sistema deverá garantir uma maior segurança na distribuição de medicamentos, permitindo que a Anvisa tenha rastreabilidade em medicamentos que foram recebidos nos pontos de distribuição e entregues para o consumidor final, não permitindo que esse medicamento seja extraviado. Porém esse novo sistema ainda não passou por testes, o mesmo deverá ser aplicado em consultas públicas, para saber qual seu real funcionamento, até que realmente venha a se tornar norma.

Segundo o texto informado, o mesmo prevê uma adaptação para industria de até 6 meses, já distribuidores e farmácias deverão incluir o novo sistema após um ano. Lembrando que esse sistema irá passar por todos os setores, até chegar o medicamento na mão do consumidor, ou seja, o mesmo irá passar pela indústria, distribuidora e farmácia, sendo que na farmácia será feito um cadastro do consumidor, assim como a quantidade de medicamento entregue.

Algo nesse segmento já acontece com a distribuição de remédios para hipertensão, onde a farmácia popular faz um cadastro e posteriormente acaba incluindo sempre a retirada de medicamentos, informando nesse cadastro quais foram os medicamentos retirados. Porém esse sistema promete ser ainda mais amplo, abrangendo também a indústria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *