Acidentes de Trânsito

Segundo estatísticas, os acidentes de trânsito matam mais de 40 mil pessoas todos os anos somente no Brasil, colocando o país entre os dez com os maiores índices de mortalidade no trânsito. O último relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde) apresentado em 2011 revelou que mais de 400 mil jovens (menos de 25 anos) perderam suas vidas e outros milhões ficaram com alguma sequela grave por culpa dos acidentes de trânsito em todo o mundo.

Acidente de Trânsito

Mesmo com esse número alarmante associado a divulgação de campanhas que incentivam aos motoristas serem mais conscientes, o erro humano ainda é responsável por mais de 90% dos acidentes de trânsito registrados no mundo. No Brasil, as principais imprudências causadas por esses motoristas e que são determinantes às causas de morte são:

  • Velocidade excessiva;
  • Dirigir sob efeito de álcool;
  • Distancia insuficiente em relação ao veiculo dianteiro;
  • Desrespeito à sinalização;
  • Dirigir sob efeito de drogas.

Outros fatores que são determinantes para esse desrespeito no trânsito são:

  • Impunidade / legislação deficiente;
  • Fiscalização corrupta e sem caráter educativo;
  • Baixo nível cultural e social;
  • Baixa valorização da vida;
  • Ausência de espírito comunitário e exacerbação do caráter individualista;
  • Uso do veículo como demonstração de poder e virilidade.

Errar é humano? Não na direção…

Um automóvel ou qualquer outro veículo automotor, assim como qualquer máquina, exige um humano qualificado no comendo. Para uma pessoa comum, não existe outra máquina capaz de trazer tanta sensação de poder e é aí em que o perigo mora, visto que um ser humano (mesmo conhecendo as técnicas básicas de operação) pode não ser qualificado mentalmente para tal responsabilidade.
Um rapaz com um carro importado, caro e de muitos cavalos de potência, pode cometer os mesmos tipos de infrações que outro com um carro velho e popular pelos mesmos motivos: satisfazer seu ego. A velocidade sempre fascinou o ser humano, daí a origem de esportes de corrida, mas muitos correm apenas pelo prazer de correr, sem nenhum objetivo. O problema disso é que essas pessoas transformam o trânsito comum em um local perigoso, uma verdadeira carnificina.

Procedimentos que podem evitar acidentes de trânsito

Se todos seguissem esses procedimentos, as mortes no trânsito poderiam cair para quase zero e as chances de você sofrer um acidente caem drasticamente. Veja abaixo uma lista de procedimentos que já salvaram vidas e tenha consciência de que todo e qualquer acidente pode ser evitado.

  • SE BEBER, NÃO DIRIJA! Parece repetitivo, mas isso é verdade. Se você for obrigado a dirigir mesmo depois de ingerir bebidas alcoólicas, tenha consciência de que seu “tempo de reação” estará alterado então procure dirigir em velocidades mais baixas do que o usual para a via em que está trafegando;
  • Não utilize drogas antes ou durante a condução! Mesmo que algumas drogas sejam consideradas estimulantes, o seu efeito em relação ao “tempo de reação” é bem semelhante ao de alguém que bebeu (até três vezes mais tempo do que alguém sóbrio);
  • Evite dirigir ou reduza a velocidade para a via em questão quando seu estado emocional estiver abalado;
  • Mantenha sempre uma distância segura em relação aos outros veículos;
  • Respeite as sinalizações de transito;
  • Evite colocar-se em uma condição causadora de acidente;
  • E finalmente, USE O CINTO DE SEGURANÇA! Mesmo que alguma dica falhe e você acabe sofrendo um acidente de trânsito, o cinto irá te salvar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *